Publicidade 1
Publicidade 1

Pai diz que Rogério Ceni não esperava ser tão rápido técnico do São Paulo

O produtor rural Eurides Ceni foi surpreendido, hoje, no final da manhã, quando recebeu uma ligação da capital paulista. Era o filho, Rogerio Ceni, confirmando: é o novo treinador do São Paulo Futebol Clube. A ligação para o pai certamente foi uma das primeiras que o mito fez para comunicar o início de uma nova fase em sua vitoriosa carreira no tricolor do morumbi. Fechou contrato de 2 anos e começa a trabalhar no próximo dia 5, realizando um grande sonho. 

"É um momento histórico, de muita alegria para ele, pra mim, nossa família, amigos e os milhões de torcedores. Ele me telefonou contando que se reuniu com a diretoria e que assinou contrato. O Rogério tá muito animado e não imaginava que esse momento iria chegar tão rápido porque faz menos de um ano que ele parou de jogar (se aposentou em dezembro de 2015) e este ano começou a estudar para ser treinador", explicou Eurides, ao Só Notícias. 

"Estou certo que ele continuará me proporcionando muitas alegrias. Pela dedicação, comprometimento, liderança que ele tem, vai fazer um bom trabalho como treinador. A vida dele como treinador será mais dura do que como goleiro. A cobrança é maior. 

No início, será muito aplaudido. Depois, o sucesso vai depender dos resultados. Mas os desafios são iguais. Quando ele saiu do Sinop Futebol Clube e foi para o São Paulo havia cinco goleiros e, aos poucos, ele foi conquistando seu espaço", analisa Eurides Ceni. O pai acha que o maior goleiro artilheiro do mundo se dedicou muito, nos últimos meses, fazendo curso para ser treinador e estágios no exterior. 

"E ele aprendeu muito com grandes treinadores que teve desde que chegou no tricolor, desde do Telê Santana até os últimos treinadores antes de encerrar a carreira", aponta. Com a definição para assumir já dia 5 o comando do tricolor, Rogerio não deverá passar parte das férias em Sinop, como fez em anos anteriores, descansando na fazenda da família em Santa Carmem. Rogerio Ceni disse, esta tarde, através do canal de TV do São Paulo, que "ser goleiro e técnico numa mesma vida é um desafio muito grande, são duas posições em que a pressão é muito forte. 

Me perguntaram por que escolhi assistir aos treinos do Jorge Sampaoli. E respondi que ele é um treinador que tinha características muito parecidas com a maneira que eu enxergava futebol. Fui muito bem recebido no Sevilha, escolhi passar uma semana até a preparação para um jogo e pude aprender muito". 

 "Agora, em uma nova função, o que eu pretendo é ter pessoas que tenham conhecimento, possam somar e ajudar muito a construir uma nova história para o São Paulo: jogadores, comissão técnica, integrados à parte de futebol, de marketing, comunicação e à presidência do clube. Acho que isso é o mais importante para que a gente possa fazer um São Paulo melhor do que vem sendo nos últimos tempos", declarou.  Sobre a volta ao Morumbi, Ceni disse que "acho que daqui eu nunca saí. 

As memórias são ainda muito recentes. O Morumbi é como se fosse minha casa. O que eu espero é estar à altura de um clube como o São Paulo, da grandeza do São Paulo. Tentei me aplicar bastante, estudar bastante nesse espaço de tempo de quase um ano que eu fiquei afastado do futebol como atleta". 
Por Só Notícias/Editoria (fotos: Igor Amorim/assessoria e Carolina Elustondo/GE/arquivo) 
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!