Publicidade 1
Publicidade 1

Rio Teles Pires registra segunda maior queda de nível em 48 anos

Foto: Divulgação
Conhecido como El Niño, o fenômeno natural que distribui a temperatura da superfície da água do Oceano Pacifico, vem causando estragos na Bacia Amazônica brasileira.  Devido a sua forte influência na alteração do clima, o El Niño levou os rios da região  há sofrerem com uma estiagem, que está levando a níveis tão baixos que já causam preocupação ás autoridades.
Baixa no nível do rio Teles Pires preocupa, e compromete, a produção de energia elétrica na região de Alta Floresta. O alerta foi emitido pela Companhia Hidrelétrica Teles Pires (CHTP), que registrou a segunda maior baixa do nível nos últimos 48 anos.
De acordo com registros da Companhia, a maior baixa foi registrada em 1968, quando atingiu a média mínima de vazão de 485 m³ por segundo, com o monitoramento diário a CHTP constatou no mês de julho uma vazão média de 615 m³ por segundo. O mesmo fenômeno ocorre em outras regiões do Brasil.
A CHTP esclarece que a baixa vazão é de ocorrência natural e não tem qualquer ligação com a operação do empreendimento hidrelétrico. É uma situação provocada pelo período de estiagem e pelo baixo índice de chuvas na região.
Por Nativa News com informações CHTP
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!