Publicidade 1
Publicidade 1

Oportunismo de Borja e arbitragem polêmica, levam Atlético Nacional à final da Libertadores

Após vencer no Morumbi, Atlético Nacional administra vantagem, vence o São Paulo por 2 a 1 e garante vaga na final da Libertadores
 Borja, esse nome ficará gravado na memória dos tricolores, afinal foi ele quem marcou os quatro gols que classificaram o Atlético Nacional, finalista da Libertadores. Na noite dessa quarta-feira (13), pela semifinal da competição, o tricolor até tentou reverter a desvantagem, sofrida em pleno Morumbi, Calleri abriu o placar, perdeu inúmeras chances de gols, mas foi Borja quem balançou as redes e garantiu a classificação do time colombiano na grande final.
Após perder para o Atlético Nacional no Morumbi, o São Paulo foi até a Colômbia em busca de reverter o placar de 2 a 0. Fora de casa, o tricolor iniciou muito bem a partida, abrindo o placar logo aos oito minutos, Michel Bastos cruzou para a grande área e Calleri cabeceou para o fundo da rede.
O gol logo no início da partida, deu esperançar aos tricolores para reverter o placar, porém logo aos 15 minutos, Berrío cruzou e Borja invadiu a área e deixou tudo igual no placar.
Polêmica
Os jogadores do São Paulo deixaram o campo reclamando com a arbitragem, aos 47 minutos Hudson foi derrubado dentro da grande área e o árbitro nada marcou, Calleri ainda recebeu amarelo por reclamação.
 Domínio colombiano
As chances desperdiçadas pelo São Paulo no primeiro tempo, principalmente por Calleri, fizeram falta na segunda etapa. O tricolor acabou sendo dominado pelo Atlético, que assumiu a posse de bola e passou a criar as melhores chances de gols da partida.
 Alterações para o segundo tempo
O técnico Bauza, mandou a campo Alan Kardec e Luiz Araújo, para a saída de Hudson e Centurión, porém as mudanças não surtiram efeito e o tricolor foi barrado pela marcação do time da casa.
 Pênalti, confusão e expulsões
Defendendo-se como era possível, o São Paulo sofria pressão constante do Atlético e para piorar, aos 30 minutos o árbitro marcou pênalti, por mão de Carlinhos dentro da grande área. Borja foi para a cobrança e virou o jogo, fazendo com que houvesse muita reclamação, resultando nas expulsões de Wesley e Lugano.
Eliminado!
O tricolor iniciou muito bem a partida, mas precisava de três gols no segundo tempo para assegurar a classificação, porém diante de um time bem entrosado, que manteve a posse de bola e dono da melhor campanha da competição, o São Paulo não teve espaços, teve um pênalti não marcado e para dificultar ainda mais, dois jogadores foram expulsos, sem chances de seguir à final da Libertadores.
Com a vitória, o Atlético Nacional com sua campanha invejável na Libertadores, segue à final e aguarda seu próximo adversário.
Bruna Ficagna
Por Bruna Ficagna
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!