Publicidade 1
Publicidade 1

Infecção urinária na infância tem sérias complicações

Uma das doenças que mais afeta as crianças, tem poucos sintomas e é de difícil diagnóstico clínico, especialmente entre os bebês
 
A infecção do trato urinário é uma das doenças mais comuns em pediatria. Pode ocorrer em qualquer etapa da vida, entretanto pode ser muito grave e ter evolução catastrófica quando acomete o recém-nascido, até os 2 anos de idade. Até o 1º ano de vida, a doença atinge mais os meninos, pois as malformações do trato gênito-urinário são mais comuns nesta faixa etária, porém, depois desta fase as meninas passam a ser as maiores vítimas. Dra. Natasha Slhessarenko, pediatra e diretora-médica do laboratório Cedic Cedilab, deixa algumas dicas para que os familiares possam acompanhar qualquer suspeita de infecção urinária na infância. 

Porque a criança tem infecção urinária?

De acordo com a médica, as crianças nascem com o sistema imunológico em desenvolvimento. Por isso elas tem uma predisposição maior para ter qualquer tipo de infecção, especialmente se for uma criança nascida prematuramente. “Além disto, são nas crianças que são feitos os diagnósticos das malformações do trato gênito-urinário que aumenta o risco de infecção urinária. Somado a isto, a higienização perineal realizada de maneira incorreta nas meninas, constitui mais um grande fator de risco”, explica a médica.

·         Sistema imunológico em desenvolvimento;
·         Possibilidade de malformação do trato gênito urinário;
·         Higienização perineal inadequada das meninas;

Quais são os sintomas da infecção urinária no bebê?

Dra. Natasha também informa que quanto menor a criança, mais inespecíficos são os sintomas. A partir dos 4 ou 5 anos os sinais já conhecidos tendem a se tornar mais evidentes. É o caso da dor ou dificuldade para urinar ou até sangue na urina. “No bebê podemos ficar alertas a quando a criança deixa de mamar, fica mais quietinha, ou mais irritada. Outras vezes as únicas manifestações ocorrem com sintomas gastrintestinais, como vômitos e diarreia. Algumas vezes, porém, a única queixa da infecção urinária pode ser a presença de febre, ou a hipotermia, que é a temperatura abaixo de 36º C. Além disso, a suspeita de infecção urinária deve ser levantada em toda a criança que está com dificuldade de ganhar”, reforça Dra. Natasha.

·         Falta de apetite;
·         Irritação;
·         Vômito ou diarreia;
·         Febre ou hipotermia;
·         Dor ou dificuldade para urinar;
·         Sangue na urina;
·         Dificuldade para ganhar peso;

Como confirmar o diagnóstico do meu filho?

Devido aos sintomas brandos, o diagnóstico da infecção urinária depende dos exames laboratoriais de urina. “Através do exame simples de urina pode-se desconfiar de infecção do trato urinário, mas a certeza é dada pela urocultura, ou cultura de urina, que evidencia a bactéria que está causando a infecção e dá o perfil de sensibilidade aos antimicrobianos, norteando o médico com a escolha do antibiótico a ser usado. O grande desafio está em se conseguir uma ótima amostra de urina das crianças que ainda fazem xixi na fralda. Nestes casos, a urina pode ser obtida através de sondagem vesical, punção supra púbica ou saco coletor”, esclarece.

·         Exame simples de urina – dá pistas se tem ou não infecção;
·         Exame de cultura de urina – confirma a presença de infecção do trato urinário e ajuda na escolha do antibiótico;

O que fazer ao identificar a doença no meu filho?

Considerando todas essas questões, a médica alerta: sempre que houver suspeita de que algo não vai bem com a saúde do bebê, procure assistência médica para orientação. “As complicações das infecções do trato urinário não diagnosticadas ou inadequadamente tratadas podem ser graves e levar a sequelas definitivas como as cicatrizes renais, que podem evoluir no futuro com hipertensão arterial, insuficiência renal, dentre outros. Por isto, é muito importante o acompanhamento pediátrico periódico e a realização de exames laboratoriais quando o médico julgar necessário”, conclui Dra. Natasha.

·         Procure um médico tão logo perceba que algo não vai bem com seu filho

cid:image011.png@01D14E15.91EB9430
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!