Publicidade 1
Publicidade 1

Bolsonaro defende políticas mais protetivas aos produtores rurais

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), ao participar da 9ª edição da Parecis SuperAgro, defendeu políticas que proporcione mais segurança ao setor do agronegócio. Bolsonaro foi o palestrante da solenidade de abertura da feira, que se estende até a próxima quarta-feira (13), no Parque de Exposição Odenir Ortolan, em Campo Novo do Parecis (a 380 km de Cuiabá).

Bolsonaro palestrou logo após o discurso da presidente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis e organizadora da feira, Giovana Velke, e disse concordar com a declaração da dirigente. “A presidente do Sindicato disse aqui que a locomotiva da nossa economia é o agronegócio e concordo. Devemos buscar maneiras de o Governo Federal não atrapalhar quem quer produzir”, disparou o parlamentar.

O deputado resguardou que as atuais políticas indígenas e ambientais, não podem travar totalmente o crescimento do agronegócio, ao criticar a gestão da presidente Dilma Rousseff. “Não pode tratar o Brasil economicamente, por exemplo, com víeis ideológico (...) não podemos deixar questões indígenas e ambientais nos atrapalhar, são questões que quem decide é quem está sentado na cadeira presidencial”, disse.

Considerado pré-candidato à presidência da República, ele defendeu que é preciso trocar o comando do Governo Federal para mudar a situação. “Se quisermos fazer com que isso deixe de ser um problema para o Brasil, então tem que colocar alguém que pense dessa maneira lá, caso contrário, deixar mais quatro anos na mão de quem está na ‘esquerda’ será o nosso fim”, avaliou.

Em relação aos impedimentos ambientais, Jair Bolsonaro destrinchou a dificuldade de importação de insumos agrícolas, citando o exemplo do potássio. “Hoje temos a total dependência de certos insumos que são importados, como exemplo o potássio que não se pode explorar no Brasil, por questões de licenças ambientais. Não podemos ficar nas afinados com ônus internacionais”, exemplificou.

O parlamentar recriminou a forma como os produtores rurais são apontados nos grandes centros. Segundo ele, os agricultores são “satanizados e demonizados”. “Na área urbana eles acham que os produtores são pessoas que desmatam, que usam agrotóxicos em excesso, mas o que defendo lá é que desde o cafezinho da manhã, até a hora que ele é sepultado passa por aqui [pelo agronegócio]”, confrontou.

A palestra feita por Jair Bolsonaro foi bastante concorrida. Mais de 1500 pessoas assistiram ao evento, sendo que o auditório principal da feira, com 800 lugares, lotou. E um segundo espaço com telão abrigou as pessoas.

PROGRAMAÇÃO – 
Nesta terça-feira (dia 12) acontecerá o painel “Novos Caminhos para o Mato Grosso”, mediado pelo jornalista Heraldo Pereira, com a presença do governador Pedro Taques; do vice-governador Carlos Fávaro; dos senadores Blairo Maggi e José Medeiros; e os deputados federais Adilton Sachetti e Nilson Leitão. Pela tarde, acontecerá a palestra “Risco de Mercado”, com Guilherme Caldas.

No dia 13, estão programadas as palestras: “Os grandes desafios da competitividade no Brasil”, com Marcos Troyjo, e “Como Construir uma Tropa de Elite”, com Paulo Storani, ex-integrante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).



Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!