Publicidade 1
Publicidade 1

Assunção não descarta trabalhar um relatório e voto em separado na CPI dos Alugueis

Oitivas com avaliadores dos contratos de alugueis tem início nesta tarde

Na tarde da quarta-feira (13) os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os gastos da Prefeitura de Sinop com a locação de imóveis, devem realizar para oitiva no plenário do Poder Legislativo com os representantes das empresas que confeccionaram os laudos de avaliação de preço de locação para o executivo municipal.

Representantes das três empresas contratadas pela Câmara de Vereadores para confecção de laudos também estarão presentes. As três empresas contratas já realizaram a avaliação de seis contratos os quais serão também mencionados na oitiva, marcada para ás 14h.

De acordo com os laudos entregues aos membros da comissão os valores que vem sendo pagos pela Prefeitura, referentes à locação dos imóveis está muito acima do valor de mercado.

Para Fernando Assunção membro da comissão, e representante da bancada de oposição, os membros precisam realizar um levantamento geral dos contratos avaliados pelas empresas, e só após realizar este trabalho a comissão deve convocar os locatários.

“A função da CPI é dar respostas aos moradores e também responsabilizar eventualmente o gestor municipal pelo mal gasto do dinheiro público com relação a contratos que tem indícios de irregularidades nos valores. Com serenidade, sem polêmica e com tranquilidade vamos encaminhar as informações ao Ministério Público para que ele possa tomar as providências necessárias,” enfatizou o parlamentar Fernando Assunção.

Desde o início da CPI dos aluguéis Assunção vem desenvolvendo um trabalho em paralelo com a comissão, e não descarta trabalhar um relatório e voto em separado.

As empresas contratadas devem fazer um laudo para cada um dos contratos de locação realizados durante a gestão do prefeito Juarez Costa. Para cada contrato que forem constatadas supostas irregularidades, sete oitivas devem ser realizadas, ficando para o dia 28 de maio o último prazo para entrega do relatório final da CPI.

Atualmente o prefeito de Sinop gasta cerca de R$ 5,2 milhões de reais em alugueis.  O município aluga atualmente 59 imóveis e tem um custo mensal de R$ 428 mil reais com alugueis. E um dos itens que gerou a CPI, intrigando a todos e que existem prédios próprios que foram simplesmente desocupados e abandonados ao longo dos 07 anos da administração da atual gestão, prédios estes que poderiam ser reformados e utilizados para atender as demandas da sociedade Sinopense.

Dieny Vieira
Assessora de Comunicação 
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!