Publicidade 1
Publicidade 1

Galli recebe apoio de Bolsonaro e Feliciano e exige investigação em escolas do Brasil sobre doutrinação ideológica

Para instauração da CPI serão necessárias 170 assinaturas. Galli está conversando com a oposição em diversas frentes, especialmente com as frentes Católica e Evangélica da Câmara, e disse estar convicto de que a cultura e a educação brasileira sairão fortalecidas desta CPI.


Por 24 Horas News 
Galli recebe apoio de Bolsonaro e Feliciano e exige investigação em escolas do Brasil sobre doutrinação ideológica
O deputado federal VictórioGalli (PSC) está protagonizando um debate nacional que promete tremer os bastidores do MEC e da Presidência da República. Diante de tantos escândalos, o parlamentar de Mato Grosso trabalha nos bastidores para implantar a CPI do MEC, mais um ponto que causará "dores de cabeça" na Presidente Dilma e no Ministro da Educação.

Galli é autor de um requerimento para implantação da CPI do MEC na Câmara dos Deputados.Segundo o parlamentar, a coleta das assinaturas iniciou em seu próprio partido, o PSC. Já foram coletadas as assinaturas de Jair Bolsonaro e Marco Feliciano, entre outros deputados, inclusive de outras legendas que declararam apoio à implantação da CPI. 

A CPI investigarámudanças realizadas no currículo escolar durante os últimos anospelo Ministério da Educação, identificando desvios ideológicos na reestruturação do ensino e na introdução de temas defendidos pelamilitância LGBT, como a ideologia de gênero, que foi incluída sorrateiramente nos planos municipais de ensino em todas escolas do Brasil. 

Para instauração da CPI serão necessárias 170 assinaturas. Galli está conversando com a oposição em diversas frentes, especialmente com as frentes Católica e Evangélica da Câmara, e disse estar convicto de que a cultura e a educação brasileira sairão fortalecidas desta CPI. 

O parlamentar entende que esta medida será mais uma confrontação com o PT, e que merece as devidas providências. Galli vai além: — "Acredito que esta investigação combaterá o marxismo atrelado ao ensino, pois este é o 'ovo da serpente'.Trata-se de algo tão importante a ser combatido quanto a corrupção no Brasil. O avanço do anti-cristianismo e do marxismo no país são conduzidos de forma planejada e acelerada pelo PT e os partidos de sua base. E já passou da hora de frearmos a doutrinação de nossas crianças, que são educadas para se tornarem militantes de esquerda. Precisamos formar cidadãos responsáveis, não militantes". 

O parlamentar reforçou que o argumento para implantação de "ideologias" nas escolas seria o combate ao preconceito, mas sabemos que o combate ao preconceito é um dever de todos e, a questão não pode ser tratada ouvindo somente militantes — seja lá qual for a causa que defendam —, e que o procedimento adotado pelo Governo é segregacionista, uma vez que exclui todo o restante da população das discussões e decisões. "Toda a sociedade deve participar, visto que o preconceito é contra evangélicos, contra padres, gordinhos, magrinhos, crianças que tem dificuldade na aprendizagem, etc. Não é um problema sofrido somente por um determinado grupo social. 


Sempre faço questão de citar Clodovil e Vera Verão, que publicamente assumiam sua opção sexual, e foram celebrados pelos brasileiros, fosse artista ou político. Eles não impuseram suas opções sexuais para o restante da população, antes respeitavam e sempre foram respeitados. Ninguém deve tocar no assunto da vida íntima de ninguém, cada um tem seu livre arbítrio. Esta é a verdade e deve ser dita, e claramente repetida. 

Criticamos, sim, o projeto revolucionário — totalitário por natureza — que visa impor uma ideologia, determinar as escolhas das pessoas, como se alguns fossem os donos da verdade e soubessem o que é bom para os outros, sem respeitar sua liberdade de escolha, em especial ferindo de morte a família, a célula-mãe de qualquer sociedade", enfatizou o deputado Galli.  
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!