Publicidade 1
Publicidade 1

Sintep emite nota de repúdio contra atos do Governo Taques na Educação

Pedro Taques rdtv
Governador Pedro Taques explica que LRF
impede a realização de concurso público
O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) emitiu, na tarde desta sexta (15), nota de repúdio às práticas adotadas pelo Governo Pedro Taques (PSDB) no primeiro ano de gestão, no âmbito da educação. Para o sindicato, o que tem se visto são “atitudes de desrespeito a direitos e conquistas da categoria, bem como de todo o funcionalismo público”.
“Utilizando-se do factoide de que uma crise econômica no país exigiria medidas como a fragmentação dos salários e a quebra de direitos, com objetivo de reduzir gastos e garantir o equilíbrio fiscal nas contas do Estado, o Executivo lesa o funcionalismo, em especial os profissionais da Educação”, diz trecho da nota.
O sindicato afirma que Taques tem excedido o número de contratos em cargo de livres nomeações e também o pagamento de empresas terceirizadas para realizar serviços, que estariam garantidos com a realização, “necessária e urgente”, de concurso público. “Sem contar com os gastos, aí sim, do dinheiro público com propaganda”.
De acordo com o Sintep, nos primeiros cinco meses de mandato, o Governo teria iniciado um processo de “desmantelamento de conquistas históricas” da categoria. “Com a fragmentação do repasse do INPC, em duas parcelas, lesou o direito constitucional de todo os servidores públicos do Estado de terem equiparado as perdas salariais do período”.
O sindicato critica ainda que as negociações que o Governo tem feito com o Fórum Sindical, que não estaria “legitimado” para tomar decisões pelas diversas categorias organizadas no Estado. Por fim, afirma que continuará participando das mobilizações e manifestações que considera necessárias à defesa dos direitos dos servidores.
“A direção do Sintep/MT repudia o descaso do Governo com os trabalhadores e as trabalhadoras da Educação, uma vez que tem demonstrado por meio da falta de diálogo e do retrocesso para com as conquistas e direitos, o desrespeito com a categoria”.
Outro lado
Em visita à sede do Rdnews, nesta sexta (15), o governador havia comentado sobre a relação com o Sintep, principalmente no que tange à realização de concurso público e melhorias nas escolas do Estado. Taques explica que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) não permite a realização de concursos. “E o sindicato sabe exatamente disso”, pontua.
Sobre melhorias na infraestrutura das escolas, Taques comenta que investiu em torno de R$ 44 milhões neste segmento. Conta que chamou a direção da Energisa para fazer um convênio para colocar ar condicionado em todas as escolas. “Respeito o sindicato, ele é importante, mas não condiz com a realidade”. Por Eduarda Fernandes
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!