Publicidade 1
Publicidade 1

MT tem 76 casos de microcefalia e dengue cresce 132%; Exército ajuda

MT tem 76 casos de microcefalia e dengue cresce 132%; Exército ajudaEm Mato Grosso já foram registrados 76 casos suspeitos de microcefalia, sendo 67 só em Rondonópolis. Houve um aumento de 132% no número de casos de dengue, em que registrou-se 25.470 até o fim de novembro. Seis mortes já foram confirmadas e quatro ainda estão sendo investigadas.
O levantamento é preocupante e para tratar do assunto o governador em exercício, Carlos Fávaro (PSD), participou de uma reunião com a presidente Dilma Rousseff (PT) para tratar de ações para combater o mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya.
Durante o encontro, a presidente apresentou um plano emergencial de combate ao mosquito transmissor, com uma mobilização nacional que terá a participação das Forças Armadas. Além disso, haverá uma mobilização que prevê a participação do governo federal, estados e municípios.
Além de Fávaro, participou também do encontro em Brasília o secretário de Saúde, Eduardo Bermudez. “O detalhamento do projeto será desenvolvido junto ao Conselho Nacional de Secretários de Estado e, depois desse estudo, serão elaboradas as ações. Vamos tornar uníssono o processo de contraposição do Aedes aegypti”, frisou o secretário.
Microcefalia
Até a semana passada a Secretaria de Saúde, por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde, registrou 76 casos suspeitos de microcefalia no estado, sendo 67 em Rondonópolis, dois em Alto Garças, e os demais em Alto Araguaia, Itiquira, Jaciara, Pedra Preta, São José do Povo e Tesouro.
Os casos foram inseridos no sistema de Resposta de Evento de Saúde Pública do Ministério da Saúde pela equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica de Rondonópolis, após serem notificados pela Santa Casa de Misericórdia e Maternidade do município. Isso porque todos os casos registrados foram de bebês nascidos naquela unidade de saúde.
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, trabalha junto aos municípios tanto no combate do mosquito Aedes aegypti como no atendimento das famílias que tiveram bebês acometidos pela microcefalia.
Números
Mato Grosso registrou 25.470 casos dengue até o final do mês de novembro. O número representa um aumento de 132,03% em relação ao mesmo período do ano passado, quando o estado apresentou 10.971 infectados pelo Aedes aegypti. Os municípios de Sinop, Várzea Grande e Rondonópolis são os que apresentam maior número de notificações, com 3.524, 2.156 e 1.959 casos, respectivamente. 
Seis mortes por dengue foram confirmadas nos municípios de Cuiabá, Matupá, Sapezal, Sorriso, Juína e Rondonópolis. Quatro mortes ainda seguem em processo de investigação, aguardando o resultado do laboratório. (Com Assessoria)
Compartilhar no Google Plus
    Comentar com o Site
    Comentar com o Facebook

0 comentários :

Postar um comentário

Comentários são de responsabilidade se seus autores

Copyright © Roteiro Notícias - Guarantã do Norte e Região
Rua Natal, 550 – Jardim Vitória – Guarantã do Norte - MT
Email: celioroteiro2009@hotmail.com - Fone: (66) 9604 - 2681
Todo material deste site pode ser reproduzido ou editado desde que citada a fonte: Roteiro Notícias
WEBSITE DESENVOLVIDO POR:

Tenha um site!